A formação de qualidade é um dos pilares da AMARA. Começou em 2004 com a necessidade de preparar os seus voluntários. Desde então foi alargado o leque de formação oferecido para responder às necessidades dos profissionais de saúde e ao crescente interesse do público em geral.

Cursos e Workshops

(abertos ao público)

Vida e Morte – a mesma preparação

Esta intervenção é um espaço de desenvolvimento pessoal e de reflexão, onde os participantes podem tomar consciência dos seus receios perante a vida e a morte, encontrando formas de viver com mais plenitude e consequentemente, encarar o fim da vida de forma mais natural e com menos ansiedade.

Aborda também a teoria e a prática da relação de ajuda com pessoas com uma doença avançada e as suas famílias. Abrange temas como: o mal-estar do cuidador; o acompanhamento psico-existencial e espiritual do doente e a sua família, e a prática da escuta ativa.

 

Ler mais aqui.

Escuta Activa

A Escuta Ativa é uma arte que enriquece as relações entre pessoas, tanto na vida profissional como privada. É útil para profissionais de saúde e voluntários, mas igualmente importante para outras áreas, tais como o ensino, o jornalismo, os recursos humanos.

Ouvir ativamente é um processo que envolve ouvir com todos os nossos sentidos e responder de forma a que o outro se sinta compreendido.

 

Ler mais aqui.

Próximas datas

Out
22
Dom
Formação Abraçar a Vida Aceitando a Morte #90 @ Hotel Lisboa Plaza
Out 22@09:30_17:00

Abraçar a Vida Aceitando a Morte

 

“O grande problema não é saber o que se vai passar depois da morte,

é saber se há vida ANTES da morte” (Pierre Rabhi)

 

Enfrentar a nossa Morte pode ser um dos momentos mais significativos da nossa Vida.

 

Esta intervenção é um espaço de desenvolvimento pessoal e de reflexão, onde os participantes podem tomar consciência dos seus receios perante a vida e a morte, encontrando formas de viver com mais plenitude e consequentemente, encarar o fim da vida de forma mais natural e com menos ansiedade.

Aborda também a teoria e a prática da relação de ajuda com pessoas com uma doença avançada e as suas famílias. Abrange temas como: o mal-estar do cuidador; o acompanhamento psico-existencial e espiritual do doente e a sua família, e a prática da escuta ativa.

É destinado a qualquer pessoa que deseja refletir sobre assuntos existenciais da vida, e a profissionais de saúde e voluntários que trabalham nas áreas de cuidados paliativos, continuados, ou outras situações em que são regularmente confrontados com a morte e o sofrimento. Irão beneficiar de suporte emocional e treino de competências na área da relação de ajuda, a fim de evitar o esgotamento e melhorar a sua capacidade de dar um apoio emocional e espiritual às pessoas que cuidam.

Este curso foi alvo duma investigação científica a nível de doutoramento de Carol Gouveia Melo ao abrigo duma bolsa concedida pela Fundação Calouste Gulbenkian e da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, que validou a sua importância para profissionais de saúde.

A formação consiste em exposições teóricas com debate em grupo, psicodrama, exercícios práticos de desenvolvimento pessoal e de escuta ativa.

 

Destinatários

Pessoas que desejam conhecer-se melhor; cuidadores de pessoas com doença avançada; profissionais de saúde; voluntários.

 

Duração

41h30, 3 módulos

Preço

250 €

20% desconto para sócios

15% sócios ACP

10% desconto para estudantes

Datas

Módulo 1: 20, 21 e 22 de Outubro 2017

Módulo 2: 28 e 29 de Outubro 2017

Módulo 3: 25 de Novembro 2017

Horário

Das 9.00h às 17.30h (excepto dia 20 de Outubro, que inicia às 18:30 até às 22:30)

Local

Hotel Lisboa Plaza

Travessa do Salitre (à Av. da Liberdade)

 

Formadores

  • Carol Gouveia e Melo PhD, pós-graduada em relação de ajuda segundo a Abordagem Centrada
  • Cláudia Farinha, pós-graduada em relação de ajuda segundo a Abordagem Centrada na Pessoa

 

Informações

formacao@amara.pt 

www.amara.pt

962 730 796

Ficha de inscrição:Clicar Aqui

 

Formação de base obrigatória para ser voluntário da AMARA

Out
24
Ter
Programa MSc – Mindful Self-Compassion
Out 24@19:00_22:00

Programa MSc Mindful Self-Compassion

Cuidar de mim. Cuidar do outro.

 

Auto-compaixão significa ser-se bondoso para consigo próprio como podemos ser para com os outros. É reconhecer que atravessamos um momento difícil, não ignorar as nossas emoções e também não nos julgarmos.

 

O programa de MSC, destinado a cultivar a capacidade de auto-compaixão, foi desenvolvido pelos psicólogos e investigadores norte-americanos Dr. Christopher K. Germer, especialista na integração da mindfulness com a psicoterapia, e a Dra. Kristin Neff, investigadora pioneira em auto-compaixão.

 

Trata-se de uma formação empiricamente suportada em que a aprendizagem é sobretudo experiencial sendo cada sessão um laboratório em que os formandos são convidados a fazer a experiência do que funciona para eles. É um programa educativo e experiencial que permite mobilizar e cultivar a faculdade de compaixão inerente a cada um.

 

Este programa combina as capacidades de mindfulness (consciência plena ou atenção plena) e de auto-compaixão (a capacidade de responder com bondade ao sofrimento pessoal) para melhorar a nossa capacidade de bem estar emocional.

A mindfulness leva-nos a reconhecer e encarar os nossos pensamentos e sentimentos difíceis (como tristeza, raiva, confusão, inadequação) com um espírito de abertura e curiosidade. A auto-compaixão envolve responder a estes pensamentos e sentimentos difíceis com bondade e compreensão, para que nos possamos apaziguar e confortar quando estamos em sofrimento.

A investigação científica tem vindo a mostrar que a auto-compaixão aumenta muito o bem-estar emocional, reduzindo a ansiedade e a depressão.3 Ao tornarmo-nos mais plenamente conscientes e compassivos, sentimos mais leveza e bem-estar na nossa vida quotidiana.

 

 

Cada sessão comporta:

. práticas formais (meditação, movimento corporal)

. exercícios e práticas informais ligadas a situações da vida quotidiana

. exposição teórica sobre a compaixão e o funcionamento das emoções e do cérebro na reação às situações novas

. partilhas em grupos pequenos e grande grupo e instruções personalizadas.

 

Objectivos Gerais

. Compreender o que é a auto-compaixão

. Identificar recursos e forças interiores para aumentar a capacidade de resistir a situações difíceis

. Utilizar a compaixão para viver de acordo cm as suas necessidades

. Motivar-se com gentileza em vez de auto-crítica

. Trabalhar sobre as relações difíceis

. Gerir a fatiga empática nas relações de cuidado formal ou informal

. Aprender a praticar a arte de saborear, apreciar a vida, auto-apreciar-se

 

A quem se destina

Pessoas que desejam lidar melhor com emoções difíceis e melhorar a relação consigo próprios, e com os outros tornando-as mais positivas. Cuidadores informais, profissionais ou voluntários ligados à saúde, educação ou outro tipo de relação de ajuda por forma a diminuir os riscos de fadiga empática.

 

Facilitadoras

Susana Leitão Dagot

Terapeuta psico-corporal, formadora em Psicopedagogia perceptiva e formadora em MSC (Midful Self Compassion) pelo Center for Mindful Self-Compassion. Voluntária da AMARA.

 

Georgiana Lecléry

Formadora em Mindfulness para crianças e jovens, MBSR (Mindfulness para redução de stress) em MSC (Mindful Self Compassion) pelo Center for Mindful Self-Compassion.

 

Duração

30 horas: 8 sessões de 3h mais um dia de retiro de 6h.

 

Horário

Das 19h às 22h

 

Preço

Público em geral: 250€

Preço especial Voluntários activos AMARA 150€

 

Descontos

Sócios AMARA 20%

Sócios ACP 15%

Estudantes 10%

 

Programa por sessão

 

Sessão 1 (3h)

Descobrir a Mindful Autocompaixão

Sessão 2 (3h)

Praticar a Mindfulness

Sessão 3 (3h)

Praticar a Bondade Amorosa

Sessão 4 (3h)

Descobrir a sua voz compassiva

Sessão 5 (3h)

Vivendo profundamente

Retiro (6h)

Sessão 6 (3h)

Enfrentar Emoções Difíceis

Sessão 7 (3h)

Explorar Relações Desafiantes

Sessão 8 (3h)

Abraçar a Sua Vida

Out
27
Sex
Formação Conforto e Segurança
Out 27@09:00_17:00

Formação Conforto e Segurança

Datas do evento:

  • 27 de Outubro
    • 9:00 – 17:00
  • 28 de Outubro
    • 9:00 – 17:00

 

Workshop Educação para a Morte | Porto
Out 27@17:30_21:30
Out
28
Sáb
Formação Conforto e Segurança
Out 28@09:00_17:00

Formação Conforto e Segurança

Datas do evento:

  • 27 de Outubro
    • 9:00 – 17:00
  • 28 de Outubro
    • 9:00 – 17:00

 

Formação Abraçar a Vida Aceitando a Morte #90 @ Hotel Lisboa Plaza
Out 28@09:30_17:00

Abraçar a Vida Aceitando a Morte

 

“O grande problema não é saber o que se vai passar depois da morte,

é saber se há vida ANTES da morte” (Pierre Rabhi)

 

Enfrentar a nossa Morte pode ser um dos momentos mais significativos da nossa Vida.

 

Esta intervenção é um espaço de desenvolvimento pessoal e de reflexão, onde os participantes podem tomar consciência dos seus receios perante a vida e a morte, encontrando formas de viver com mais plenitude e consequentemente, encarar o fim da vida de forma mais natural e com menos ansiedade.

Aborda também a teoria e a prática da relação de ajuda com pessoas com uma doença avançada e as suas famílias. Abrange temas como: o mal-estar do cuidador; o acompanhamento psico-existencial e espiritual do doente e a sua família, e a prática da escuta ativa.

É destinado a qualquer pessoa que deseja refletir sobre assuntos existenciais da vida, e a profissionais de saúde e voluntários que trabalham nas áreas de cuidados paliativos, continuados, ou outras situações em que são regularmente confrontados com a morte e o sofrimento. Irão beneficiar de suporte emocional e treino de competências na área da relação de ajuda, a fim de evitar o esgotamento e melhorar a sua capacidade de dar um apoio emocional e espiritual às pessoas que cuidam.

Este curso foi alvo duma investigação científica a nível de doutoramento de Carol Gouveia Melo ao abrigo duma bolsa concedida pela Fundação Calouste Gulbenkian e da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, que validou a sua importância para profissionais de saúde.

A formação consiste em exposições teóricas com debate em grupo, psicodrama, exercícios práticos de desenvolvimento pessoal e de escuta ativa.

 

Destinatários

Pessoas que desejam conhecer-se melhor; cuidadores de pessoas com doença avançada; profissionais de saúde; voluntários.

 

Duração

41h30, 3 módulos

Preço

250 €

20% desconto para sócios

15% sócios ACP

10% desconto para estudantes

Datas

Módulo 1: 20, 21 e 22 de Outubro 2017

Módulo 2: 28 e 29 de Outubro 2017

Módulo 3: 25 de Novembro 2017

Horário

Das 9.00h às 17.30h (excepto dia 20 de Outubro, que inicia às 18:30 até às 22:30)

Local

Hotel Lisboa Plaza

Travessa do Salitre (à Av. da Liberdade)

 

Formadores

  • Carol Gouveia e Melo PhD, pós-graduada em relação de ajuda segundo a Abordagem Centrada
  • Cláudia Farinha, pós-graduada em relação de ajuda segundo a Abordagem Centrada na Pessoa

 

Informações

formacao@amara.pt 

www.amara.pt

962 730 796

Ficha de inscrição:Clicar Aqui

 

Formação de base obrigatória para ser voluntário da AMARA

Out
29
Dom
Formação Abraçar a Vida Aceitando a Morte #90 @ Hotel Lisboa Plaza
Out 29@09:30_17:00

Abraçar a Vida Aceitando a Morte

 

“O grande problema não é saber o que se vai passar depois da morte,

é saber se há vida ANTES da morte” (Pierre Rabhi)

 

Enfrentar a nossa Morte pode ser um dos momentos mais significativos da nossa Vida.

 

Esta intervenção é um espaço de desenvolvimento pessoal e de reflexão, onde os participantes podem tomar consciência dos seus receios perante a vida e a morte, encontrando formas de viver com mais plenitude e consequentemente, encarar o fim da vida de forma mais natural e com menos ansiedade.

Aborda também a teoria e a prática da relação de ajuda com pessoas com uma doença avançada e as suas famílias. Abrange temas como: o mal-estar do cuidador; o acompanhamento psico-existencial e espiritual do doente e a sua família, e a prática da escuta ativa.

É destinado a qualquer pessoa que deseja refletir sobre assuntos existenciais da vida, e a profissionais de saúde e voluntários que trabalham nas áreas de cuidados paliativos, continuados, ou outras situações em que são regularmente confrontados com a morte e o sofrimento. Irão beneficiar de suporte emocional e treino de competências na área da relação de ajuda, a fim de evitar o esgotamento e melhorar a sua capacidade de dar um apoio emocional e espiritual às pessoas que cuidam.

Este curso foi alvo duma investigação científica a nível de doutoramento de Carol Gouveia Melo ao abrigo duma bolsa concedida pela Fundação Calouste Gulbenkian e da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, que validou a sua importância para profissionais de saúde.

A formação consiste em exposições teóricas com debate em grupo, psicodrama, exercícios práticos de desenvolvimento pessoal e de escuta ativa.

 

Destinatários

Pessoas que desejam conhecer-se melhor; cuidadores de pessoas com doença avançada; profissionais de saúde; voluntários.

 

Duração

41h30, 3 módulos

Preço

250 €

20% desconto para sócios

15% sócios ACP

10% desconto para estudantes

Datas

Módulo 1: 20, 21 e 22 de Outubro 2017

Módulo 2: 28 e 29 de Outubro 2017

Módulo 3: 25 de Novembro 2017

Horário

Das 9.00h às 17.30h (excepto dia 20 de Outubro, que inicia às 18:30 até às 22:30)

Local

Hotel Lisboa Plaza

Travessa do Salitre (à Av. da Liberdade)

 

Formadores

  • Carol Gouveia e Melo PhD, pós-graduada em relação de ajuda segundo a Abordagem Centrada
  • Cláudia Farinha, pós-graduada em relação de ajuda segundo a Abordagem Centrada na Pessoa

 

Informações

formacao@amara.pt 

www.amara.pt

962 730 796

Ficha de inscrição:Clicar Aqui

 

Formação de base obrigatória para ser voluntário da AMARA

Out
31
Ter
Programa MSc – Mindful Self-Compassion
Out 31@19:00_22:00

Programa MSc Mindful Self-Compassion

Cuidar de mim. Cuidar do outro.

 

Auto-compaixão significa ser-se bondoso para consigo próprio como podemos ser para com os outros. É reconhecer que atravessamos um momento difícil, não ignorar as nossas emoções e também não nos julgarmos.

 

O programa de MSC, destinado a cultivar a capacidade de auto-compaixão, foi desenvolvido pelos psicólogos e investigadores norte-americanos Dr. Christopher K. Germer, especialista na integração da mindfulness com a psicoterapia, e a Dra. Kristin Neff, investigadora pioneira em auto-compaixão.

 

Trata-se de uma formação empiricamente suportada em que a aprendizagem é sobretudo experiencial sendo cada sessão um laboratório em que os formandos são convidados a fazer a experiência do que funciona para eles. É um programa educativo e experiencial que permite mobilizar e cultivar a faculdade de compaixão inerente a cada um.

 

Este programa combina as capacidades de mindfulness (consciência plena ou atenção plena) e de auto-compaixão (a capacidade de responder com bondade ao sofrimento pessoal) para melhorar a nossa capacidade de bem estar emocional.

A mindfulness leva-nos a reconhecer e encarar os nossos pensamentos e sentimentos difíceis (como tristeza, raiva, confusão, inadequação) com um espírito de abertura e curiosidade. A auto-compaixão envolve responder a estes pensamentos e sentimentos difíceis com bondade e compreensão, para que nos possamos apaziguar e confortar quando estamos em sofrimento.

A investigação científica tem vindo a mostrar que a auto-compaixão aumenta muito o bem-estar emocional, reduzindo a ansiedade e a depressão.3 Ao tornarmo-nos mais plenamente conscientes e compassivos, sentimos mais leveza e bem-estar na nossa vida quotidiana.

 

 

Cada sessão comporta:

. práticas formais (meditação, movimento corporal)

. exercícios e práticas informais ligadas a situações da vida quotidiana

. exposição teórica sobre a compaixão e o funcionamento das emoções e do cérebro na reação às situações novas

. partilhas em grupos pequenos e grande grupo e instruções personalizadas.

 

Objectivos Gerais

. Compreender o que é a auto-compaixão

. Identificar recursos e forças interiores para aumentar a capacidade de resistir a situações difíceis

. Utilizar a compaixão para viver de acordo cm as suas necessidades

. Motivar-se com gentileza em vez de auto-crítica

. Trabalhar sobre as relações difíceis

. Gerir a fatiga empática nas relações de cuidado formal ou informal

. Aprender a praticar a arte de saborear, apreciar a vida, auto-apreciar-se

 

A quem se destina

Pessoas que desejam lidar melhor com emoções difíceis e melhorar a relação consigo próprios, e com os outros tornando-as mais positivas. Cuidadores informais, profissionais ou voluntários ligados à saúde, educação ou outro tipo de relação de ajuda por forma a diminuir os riscos de fadiga empática.

 

Facilitadoras

Susana Leitão Dagot

Terapeuta psico-corporal, formadora em Psicopedagogia perceptiva e formadora em MSC (Midful Self Compassion) pelo Center for Mindful Self-Compassion. Voluntária da AMARA.

 

Georgiana Lecléry

Formadora em Mindfulness para crianças e jovens, MBSR (Mindfulness para redução de stress) em MSC (Mindful Self Compassion) pelo Center for Mindful Self-Compassion.

 

Duração

30 horas: 8 sessões de 3h mais um dia de retiro de 6h.

 

Horário

Das 19h às 22h

 

Preço

Público em geral: 250€

Preço especial Voluntários activos AMARA 150€

 

Descontos

Sócios AMARA 20%

Sócios ACP 15%

Estudantes 10%

 

Programa por sessão

 

Sessão 1 (3h)

Descobrir a Mindful Autocompaixão

Sessão 2 (3h)

Praticar a Mindfulness

Sessão 3 (3h)

Praticar a Bondade Amorosa

Sessão 4 (3h)

Descobrir a sua voz compassiva

Sessão 5 (3h)

Vivendo profundamente

Retiro (6h)

Sessão 6 (3h)

Enfrentar Emoções Difíceis

Sessão 7 (3h)

Explorar Relações Desafiantes

Sessão 8 (3h)

Abraçar a Sua Vida

Nov
7
Ter
Programa MSc – Mindful Self-Compassion
Nov 7@19:00_22:00

Programa MSc Mindful Self-Compassion

Cuidar de mim. Cuidar do outro.

 

Auto-compaixão significa ser-se bondoso para consigo próprio como podemos ser para com os outros. É reconhecer que atravessamos um momento difícil, não ignorar as nossas emoções e também não nos julgarmos.

 

O programa de MSC, destinado a cultivar a capacidade de auto-compaixão, foi desenvolvido pelos psicólogos e investigadores norte-americanos Dr. Christopher K. Germer, especialista na integração da mindfulness com a psicoterapia, e a Dra. Kristin Neff, investigadora pioneira em auto-compaixão.

 

Trata-se de uma formação empiricamente suportada em que a aprendizagem é sobretudo experiencial sendo cada sessão um laboratório em que os formandos são convidados a fazer a experiência do que funciona para eles. É um programa educativo e experiencial que permite mobilizar e cultivar a faculdade de compaixão inerente a cada um.

 

Este programa combina as capacidades de mindfulness (consciência plena ou atenção plena) e de auto-compaixão (a capacidade de responder com bondade ao sofrimento pessoal) para melhorar a nossa capacidade de bem estar emocional.

A mindfulness leva-nos a reconhecer e encarar os nossos pensamentos e sentimentos difíceis (como tristeza, raiva, confusão, inadequação) com um espírito de abertura e curiosidade. A auto-compaixão envolve responder a estes pensamentos e sentimentos difíceis com bondade e compreensão, para que nos possamos apaziguar e confortar quando estamos em sofrimento.

A investigação científica tem vindo a mostrar que a auto-compaixão aumenta muito o bem-estar emocional, reduzindo a ansiedade e a depressão.3 Ao tornarmo-nos mais plenamente conscientes e compassivos, sentimos mais leveza e bem-estar na nossa vida quotidiana.

 

 

Cada sessão comporta:

. práticas formais (meditação, movimento corporal)

. exercícios e práticas informais ligadas a situações da vida quotidiana

. exposição teórica sobre a compaixão e o funcionamento das emoções e do cérebro na reação às situações novas

. partilhas em grupos pequenos e grande grupo e instruções personalizadas.

 

Objectivos Gerais

. Compreender o que é a auto-compaixão

. Identificar recursos e forças interiores para aumentar a capacidade de resistir a situações difíceis

. Utilizar a compaixão para viver de acordo cm as suas necessidades

. Motivar-se com gentileza em vez de auto-crítica

. Trabalhar sobre as relações difíceis

. Gerir a fatiga empática nas relações de cuidado formal ou informal

. Aprender a praticar a arte de saborear, apreciar a vida, auto-apreciar-se

 

A quem se destina

Pessoas que desejam lidar melhor com emoções difíceis e melhorar a relação consigo próprios, e com os outros tornando-as mais positivas. Cuidadores informais, profissionais ou voluntários ligados à saúde, educação ou outro tipo de relação de ajuda por forma a diminuir os riscos de fadiga empática.

 

Facilitadoras

Susana Leitão Dagot

Terapeuta psico-corporal, formadora em Psicopedagogia perceptiva e formadora em MSC (Midful Self Compassion) pelo Center for Mindful Self-Compassion. Voluntária da AMARA.

 

Georgiana Lecléry

Formadora em Mindfulness para crianças e jovens, MBSR (Mindfulness para redução de stress) em MSC (Mindful Self Compassion) pelo Center for Mindful Self-Compassion.

 

Duração

30 horas: 8 sessões de 3h mais um dia de retiro de 6h.

 

Horário

Das 19h às 22h

 

Preço

Público em geral: 250€

Preço especial Voluntários activos AMARA 150€

 

Descontos

Sócios AMARA 20%

Sócios ACP 15%

Estudantes 10%

 

Programa por sessão

 

Sessão 1 (3h)

Descobrir a Mindful Autocompaixão

Sessão 2 (3h)

Praticar a Mindfulness

Sessão 3 (3h)

Praticar a Bondade Amorosa

Sessão 4 (3h)

Descobrir a sua voz compassiva

Sessão 5 (3h)

Vivendo profundamente

Retiro (6h)

Sessão 6 (3h)

Enfrentar Emoções Difíceis

Sessão 7 (3h)

Explorar Relações Desafiantes

Sessão 8 (3h)

Abraçar a Sua Vida

Nov
9
Qui
Workshop Educação para a Morte | Lisboa
Nov 9@18:00_22:00

[caption id="attachment_2056" align="aligncenter" width="1024"] Carregue na imagem para mais informações e reserva de lugares[/caption]

Mais informações? Pergunte-nos!

O seu nome

O seu email

O seu contacto telefónico

Nome do Evento

Comentários e Questões