Vida e Morte, a mesma preparação

 

“O grande problema não é saber o que se vai passar depois da morte,

é saber se há vida ANTES da morte” (Pierre Rabhi)

 

Enfrentar a nossa Morte pode ser um dos momentos mais significativos da nossa Vida.

 

Esta intervenção é um espaço de desenvolvimento pessoal e de reflexão, onde os participantes podem tomar consciência dos seus receios perante a vida e a morte, encontrando formas de viver com mais plenitude e consequentemente, encarar o fim da vida de forma mais natural e com menos ansiedade.

 

Aborda também a teoria e a prática da relação de ajuda com pessoas com uma doença avançada e as suas famílias. Abrange temas como: o mal-estar do cuidador; o acompanhamento psico-existencial e espiritual do doente e a sua família, e a prática da escuta ativa.

 

É destinado a qualquer pessoa que deseja refletir sobre assuntos existenciais da vida, e a profissionais de saúde e voluntários que trabalham nas áreas de cuidados paliativos, continuados, ou outras situações em que são regularmente confrontados com a morte e o sofrimento. Irão beneficiar de suporte emocional e treino de competências na área da relação de ajuda, a fim de evitar o esgotamento e melhorar a sua capacidade de dar um apoio emocional e espiritual às pessoas que cuidam.

 

Este curso foi alvo duma investigação científica a nível de doutoramento de Carol Gouveia Melo na Universidade de Kent, Reino Unido, ao abrigo duma bolsa concedida pela Fundação Calouste Gulbenkian e da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, que validou a sua importância para profissionais de saúde.

 

A formação consiste em exposições teóricas com debate em grupo, psicodrama, exercícios práticos de desenvolvimento pessoal e de escuta ativa.

 

Destinatários

Pessoas que desejam conhecer-se melhor; cuidadores de pessoas com doença avançada; profissionais de saúde; voluntários.

 

Duração

42h, 2 módulos de 3 dias cada

 

Custo

250€

Desconto 10% para estudantes

Desconto 20% para sócios

 

INSCREVA-SE AQUI

 

Para saber das próximas datas, consulte por favor a nossa agenda.
 

Formadores

 

Carol Gouveia Melo

Licenciada em psicologia, Pós-graduada em relação de ajuda segundo a Abordagem Centrada na Pessoa, Doutorada em medicina e ciências da saúde.

 

Cláudia Farinha

Licenciada em educação de infância, Pós-graduada em relação de ajuda segundo a Abordagem Centrada na Pessoa, Pós-graduada em Psicologia e relação de ajuda, Facilitadora de Biodanza modelo Rolando Toro. Técnicas de acompanhamento terapêutico; psicogerontologia; acompanhamento de doentes terminais e famílias (Instituto Balear de Psiquiatria e Psicologia de Espanha)

 

Eduardo Carqueja

Bacharel em Enfermagem, Licenciado em psicologia, Mestre em ciências religiosas, Pós-graduado em luto, especialização em bioética.

 

Informações

formacao@amara.pt 

www.amara.pt

962 730 796

 

Formação de base obrigatória para ser voluntário da AMARA

“No âmbito da minha actividade profissional, acima de tudo, importa sempre valorizar a relação com o doente, de maneira a que este possa sempre ter a noção de que ao seu lado há alguém sempre pronto a dedicar-lhe a sua competência profissional, aliada ao necessário carinho humano. Este curso foi um grande contributo para o que acabei de explanar”. (auxiliar de acção médica)

“Julgo que formações deste âmbito são sempre importantes porque por vezes no dia a dia, no trabalho no lidar na sociedade estamos demasiado ocupados para parar, pensar em nós, nos outros nos nossos ideais, no lado bom da nossa profissão etc e nestas formações parece que funciona como um retiro espiritual onde nos concentramos naquilo que realmente está a acontecer e por vezes a partilha faz-nos mesmo encarar as situações mais difíceis como menos penosas e encontrar o lado positivo das mesmas”. (enfermeira)

“Simplesmente agradecer, por me terem proporcionado as “ferramentas” que me permitiram explorar o meu “eu” (tão escondido) e por isso me tornar mais segura do meu sentido de vida, e das minhas capacidades. Tudo isto inevitavelmente, se repercutiu na minha actividade profissional, onde me sinto e me vejo, mais tranquila e segura do acompanhamento que faço e quero fazer do doente e família em fase de fim de vida. Obrigada”
(enfermeira)

“O meu reconhecimento e agradecimento especial à Carol, 1º pela simplicidade e naturalidade com que soube despertar sentimentos tão importantes, para o dia a dia de quem trabalha com pessoas que sofrem. 2º porque soube OUVIR. 3º pela sua capacidade de síntese extraordinária, com base na compreensão do que ouve. 4º porque viu o meu sofrimento e assumiu o actuar, proporcionando-me o privilégio de me acompanhar. Muito obrigada”. (Terapeuta ocupacional)

“Todos os médicos em formação e não só deveriam fazer este curso”. (Médica em Hemato-oncologia)

“Agradeço a oportunidade de ter podido frequentar esta formação, estruturada de forma para mim inovadora do que estou habituada a frequentar e que me proporcionou uma liberdade de expressão e um ambiente de tranquilidade emocional gratificante”. (enfermeira)

“O meu muito obrigado à Carol e Helena por me ajudarem a lidar com os meus “medos” e “tristezas”, a partilhar mais com a família e com os outros e a dar mais sentido à minha vida. (médica)

“Beijinhos, até breve e obrigado porque me fez crescer e dar alento para continuar a ser mais e melhor neste trabalho tão gratificante mas também bastante árduo que é cuidar do doente paliativo. Todos os dias um encontro renovado com a vida com o que ela tem de mais belo, simples e puro mas também com o que ela tem de sofrimento e angústia”. (enfermeira)

“Gostaria de agradecer pela formação e para mim, esta formação é essencial para qualquer profissional de saúde”. (enfermeira)

“A formação foi superior às minhas expectativas. Beneficiei ao nível pessoal – foi uma pausa importante para a reflexão, e ao nível profissional, as informações que obtive foram muito objectivas, o que tem ajudado muito no trabalho posterior. Obrigada!” (Psicóloga)