Equipa da AMARA

 

1. Miguel Borges - PresidenteMiguel Borges – Presidente

Gosta de criar laços e desfazer nós. Pai encantado, marido apaixonado, desenhou a casa onde vivem, feita de madeira, integrada num projeto de auto-sustentabilidade familiar. Respeita a vida como se cada instante fosse eterno, adora pintar com a família, ler, ouvir música, conduzir, passear a cadela que os adotou, cuidar da horta bio e das galinhas que criou. Sim, precisa de se sentir inteiro em tudo o que faz! Surdo bilateral, puro biónico, grato às maravilhas da ciência e da engenharia ao serviço da audição. Hoje sabe que há uma outra voz que vem da alma. É essa que mais se desafia a escutar. [by Marta Brites]

Eng. Sistemas Decisionais, Modelos Econométricos de Tomada de Decisão (ISIG). Pós-Graduado em Gestão Estratégica (IESE-Univ. Navarra; Barcelona). Pós-Graduado em Finanças (UCP-FCEE). Pós-Graduado em Marketing (CIFAG). Massagista Tui-Na. Professor de Yoga. Dinamizador de Projetos de Investigação Científica. CoFundador e Presidente da Amara. Missionário (Guiné, Benin). Autor.

 

 

2. Susana Leitão Dagot - Vice-Presidente ExecutivaSusana Leitão Dagot – Vice-Presidente Executiva

Desde muito cedo me confrontei com a questão do sentido da vida. Qual o objectivo de viver? O que faço aqui? Seguramente que viver deve ter um significado mais profundo! E, dada interdependência entre as duas, não podia ignorar a morte. A formação da AMARA ajudou-me a abordar este tema de forma serena e a poder lidar com os meus medos. E deu-me vontade de ajudar outros a fazê-lo também.

Formadora em Mindful Self-Compassion. Pós-Graduada em Psicopedagogia Perceptiva pela Universidade Fernando Pessoa. Licenciatura em Economia pela Universidade Nova de Lisboa.

 

 

3. José A. Barreiros - DirectorJosé A. Barreiros – Director

 “….e o fruto do Serviço é a Paz!”.

Assim termina uma oração da Madre Teresa de Calcutá.

Um Serviço real e concreto, que ajuda, protege, escuta, acolhe e acarinha.
Que intervém em compaixão!

É desta forma que entendo o Voluntariado:
– Um Serviço em que devolvemos com o coração tudo o que a vida nos vai ensinando e nós com ela, vamos aprendendo.

Voluntariado, um serviço encarado como uma Missão de Vida, parte integrante de uma Vida com Sentido.
 
Para mim, Voluntariado nestes termos, faz-me todo o sentido na AMARA.

Engenheiro Eletrotécnico (IST), Gestor de Empresas, Mestre em Psicologia

 

 

4. Carol Gouveia e Melo - DiretoraCarol Gouveia e Melo – Diretora

Sensibilizei-me por esta área de trabalho quando trabalhava por um cirurgião, David Ernst, que cuidava sempre da pessoa e não apenas da doença. Fui também influenciada pelos livros de Marie de Henezel, psicóloga em cuidados paliativos. Encontrei a mesma filosofia humana do cuidar na AMARA, onde me juntei em 2004 e cá fiquei.

Licenciada em Psicologia Clínica (Open University, RU). Pós-graduada em Relação de Ajuda (ISPA). Doutorada em Medicina e Ciências da Saúde (Universidade de Kent, RU).

 

 

5. Lígia de Freitas da Silva - Gestora dos VoluntáriosLígia de Freitas da Silva – Gestora dos Voluntários

Cedo comecei a interessar-me pelo olhar do outro, pela sua história e pela sua experiência de vida. As minhas vivências levaram-me a acreditar que o sentido da vida está nas relações interpessoais. Sei que tudo se torna mais difícil quando nos sentimos sós e incompreendidos. Então, optei por ajudar o outro e dediquei-me ao estudo da Psicologia, onde encontrei conforto. A AMARA fez-me compreender que a solidão e o isolamento na doença não são uma sentença. Existe sempre uma alternativa: a relação autêntica e profunda.

Mestranda em Psicologia Clínica

 

 

6. Renata Bandeira - tesoureiraRenata Bandeira – Tesoureira

Nasci ao som de “Love Me Do”, sou filha, esposa e mãe 3 filhos.

A minha situação profissional é ser voluntária para a Vida. E agora sou também Tesoureira da Direcção da AMARA.

Trabalhei 33 anos nas áreas de Informática, Contabilidade e Ambiente. Sou Bacharel em Contabilidade, Licenciada em Controle Financeiro, Pós-graduada em Psicogerontologia, gosto de estudar sobre Psicologia da Vida, do Desenvolvimento, do Envelhecimento e da Morte. Esse caminho levou-me até à AMARA, em complemento da minha formação para a Vida. Adepta dum modo de vida “slow”, sou camponesa de alma, amo a serra e a Terra, sou permacultora e adepta duma vida sustentável. E ainda tenho muito que aprender…

 

 

9. Alexandra Simões - Presidente da Mesa da Assembleia Geral

Alexandra Simões – Presidente da Mesa da Assembleia Geral
Sou farmacêutica (FFL) e cresci no meio do farmacêutico.
Trabalho em voluntariado desde 2004 como complemento de uma atividade profissional, que penso ser fundamental para o nosso enriquecimento humano…
Liguei-me a Amara em 2008 após uma formação.
Perceber e ter um olhar atento sobre nós e o outro fascina-me. Estarmos na vida com um misto de sentido de missão e paixão persegue-me.
 
Mestre em Saúde e Envelhecimento (FCM)

 

 

8. Maria do Rosário Sousa - Vice-presidente da Mesa da Assembleia GeralMaria do Rosário Sousa – Vice-presidente da Mesa da Assembleia Geral

Sempre me interessei pelo mistério da morte. Descobri a AMARA em 2015 e encontrei com a formação “Vida e Morte, a mesma preparação”, um novo sentido para a minha vida. Sinto-me, desde o início da minha ligação à AMARA, verdadeiramente acolhida e acarinhada pelas pessoas que fazem parte desta Associação. Colaboro com a AMARA no acompanhamento do doente terminal e da sua família.

Licenciada em Gestão Hoteleira. Formação Vida e Morte a Mesma Preparação. Workshop “Apoiar no Luto”.

 

7. Helena Carvalho - Secretária da Mesa da Assembleia GeralHelena Carvalho – Secretária da Mesa da Assembleia Geral

O meu nome é Helena Sou mãe da Beatriz de 31 anos e avó da Alba de 1 ano e essas são, sem hesitação, a minha única e imensa fortuna. Sou abençoada pois os meus pais de 80 e 83 anos estão de boa saúde e tenho irmãos fantásticos que são os meus melhores amigos.
A partida precoce do meu cunhado conduziu-me à Amara, o espaço onde me faz sentido retribuir ao Universo -junto daqueles a quem tenho a honra de acompanhar como voluntária-, as bênçãos que a minha Vida tem recebido.
Obrigatório é referir a minha passagem por Moçambique, as gentes, a terra, o Índico; a minha Alegria em viver; o meu Amor pela Língua e Música Portuguesa; A Dança e o Teatro; e os meus Amigos! Pois esta sou eu.